Golfe » História
HISTÓRIA


Construir um campo de golfe em Belo Horizonte há 40 anos atrás era, no mínimo, ousado. Pois o campo de golfe do Morro do Chapéu foi a grande novidade trazida pelos idealizadores do empreendimento. Esporte de pouca tradição no nosso país, a introdução do golfe no conjunto das atividades esportivas do clube atraiu para o Morro muitos adeptos, que passaram a frequentar o local desde o início de sua criação, principalmente pessoas de outras nacionalidades já familiarizadas com o esporte, mas que não tinham como exercitá-lo por aqui.


Projetado no Japão por iniciativa do presidente da Usiminas na época, o Sr. Sughirara, e doado ao condomínio, o campo de golfe do Morro do Chapéu é um dos mais bem feitos do país. As máquinas usadas para a sua construção vieram da Inglaterra sendo consideradas as melhores e mais modernas da época. Com 300 mil metros quadrados de área gramada, o campo possui 9 buracos, (com ampliação para os 18), permitindo, assim, a realização de competições de caráter estadual, nacional e internacional. A prática do golfe atraiu para o clube dezenas de frequentadores de várias nacionalidades, adeptos deste esporte que, a partir de então, tinham como praticá-lo por aqui.